XIV - CONBRASCOM 2018

20 a 22 de junho
Como emplacar resultados em comunicação

Apresentação

Com seu linguajar peculiar, sua cultura riquíssima, a temperatura no topo do termômetro e uma das populações mais receptivas do país, Cuiabá abre as portas no Centro Geodésico da América do Sul para receber com muita animação e hospitalidade os participantes do XIV CONBRASCOM. Sejam muito bem-vindos!

A cidade, que será transformada na capital da comunicação brasileira nestes três dias, oferece mais de 1.000 bares e restaurantes dos mais variados tipos para públicos diversificados. A culinária típica cuiabana se vale de peixes deliciosos – como o pacu, que é muito saboroso assado ou frito em ventrechas, mujica de pintado, piraputanga, caldo de piranha –, além da tradicional farofa de banana, arroz com pequi e guaraná ralado. Tem também o furrundu, que é um doce feito de mamão e rapadura de cana e o tradicional "tchá co bolo, no qual é indispensável provar o bolo de queijo cuiabano e o bolo de arroz, crocante, torradinho por fora e macio por dentro, servidos com café, chá e chocolate quente à vontade.

Para experimentar a gastronomia regional, a comunidade de São Gonçalo Beira Rio reúne dezenas de peixarias à beira do Rio Cuiabá. Além de ser o berço do grupo de siriri "Flor Ribeirinha", vencedor do prêmio de dança folclórica no Festival Internacional de Arte e Cultura de Büyükcekmece em 2017, na Turquia, concorrendo com 97 países. Um dos principais points de "tchá co bolo" em Cuiabá é o estabelecimento de Dona Eulália, uma simpática senhorinha de 83 anos que assa os quitutes em fornos a lenha em sua casa desde 1956.

Dando uma volta pela capital mato-grossense, que tal conhecer a orla do porto, à beira do Rio Cuiabá, ou o Parque das Águas, com várias opções para comer e beber apreciando a vista da Lagoa Paiaguás e a fauna e flora do Cerrado? O Parque Tia Nair completa o equipamento urbano de parques inaugurados nos últimos anos que fazem a alegria das famílias cuiabanas, tanto durante o dia, quanto à noite, quando o clima é mais ameno.

Naturalmente uma cidade festiva, Cuiabá está em clima de comemoração especial em virtude do aniversário de 300 anos, que se aproxima em 2019. Teremos a oportunidade de ampliar as celebrações desse aniversário reunindo formadores de opinião durante o XIV Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação da Justiça, o CONBRASCOM.

CONBRASCOM 2018

Neste ano, vamos conhecer as melhores e mais atuais estratégias para alcançar resultados em comunicação institucional. Serão debatidas questões como conteúdo, marca, construção da estratégia e medição de resultado, por exemplo.

Também não poderíamos deixar de pautar as tão atuais e preocupantes Fake News. Como identifica-las? Como lidar com elas? É possível combatê-las? Melhor ainda seria evitar, tem como? Esta é a oportunidade de você ficar por dentro dessas questões.

Como de costume, também teremos a eleição e a XVI premiação dos melhores trabalhos afetos à Justiça. A coroação será em uma festa superanimada, onde serão entregues as tão desejadas estatuetas.



Tchau.

Até junho, aqui em Cuiabá.

Coordenadoria de Comunicação do TJMT

Diretoria & Comissões

Diretoria Fórum Nacional de Comunicação e Justiça

Edney José Martins Pereira

Presidente

Luciano Augusto Souza Andrade

Vice-presidente

Isabelle de Almeida Câmara

Secretária-geral

Gabriel Pereira Borges Fortes Neto

Diretor de Comunicação

Taissa do Rocio Bencke Gonçalves

Diretora Financeira

Wilton Castro de Araújo

Diretor-adjunto Financeiro

Conselho Fiscal

Niceia Menegon
Luiz Fernando de Souza Coelho
Janaína Ribeiro Soares

Comissão Organizadora Cuiabá CONBRASCOM 2018

Ranniery Queiróz

Coordenador

Álvaro Marinho

Diretor

Vladermir Cargnelutti

Diretor

Keila Maressa

Assessora

Lígia Saito

Assessora

Glaucianny Melo

Servidora

Comissão Organizadora da Programação CONBRASCOM 2018

Aline de Castro Silva

Coordenadora

Keila Maressa

Assessora

Naurimar Franco Silva

Comissão do Prêmio Nacional Comunicação e Justiça 2018

Luciano Augusto Souza Andrade

Coordenador

Tatiane Pimentel

Assessora

Hugo Cardim

Assessor

Simone Noberto

Assessora

Programação

Dia 20/06

Fórum da Capital

Avenida Milton Figueiredo Ferreira Mendes, s/n - Centro Político Administrativo

18h

Credenciamento

19h

Abertura Oficial

20h

Mudar é preciso: como a comunicação pode fazer diferente?

Dado Schneider

21h30

Coquetel boas-vindas

Dia 21/06

Tribunal de Justiça de Mato Grosso

Rua C, S/N - Centro Político Administrativo
Auditório Espaço Justiça, Cultura e Arte Desembargador Gervásio Leite

08h

Credenciamento

08h30

Relacionamento: a bola da vez

Rodolfo Araújo

09h20

Conteúdo é tudo!

Soraia Lima
Claudia Lemos

10h20

Chá com bolo

10h45

Estratégias de combate às fake news em ano eleitoral

Andréa Mesquita

11h15

Exibição de projetos finalistas PNCJ

13h

Intervalo para almoço

14h

Reuniões Setoriais

16h15

Chá com bolo

16h45

Gestão da comunicação: como gerir times que batem um bolão

Daniel Nardin
Patrícia Resende

18h

Encerramento

Dia 22/06

Tribunal de Justiça de Mato Grosso

Rua C, S/N - Centro Político Administrativo
Auditório Espaço Justiça, Cultura e Arte Desembargador Gervásio Leite

08h

Exibição do jogo do Brasil (horário local)

10h45

Chá com bolo

11h

Técnicas de avaliação e medição de resultados em comunicação

Daniela Senador

13h

Intervalo para almoço

14h30

Construindo estratégias que geram resultados

Alexandre Araújo
Felipe Bogéa

15h30

Chá com bolo

16h

Plenária final

17h30

Encerramento

Palestrantes

Clique sob a foto para conhecer mais sobre cada palestrante.

Alexandre
Araújo (TCU)

Publicitário, Pós-graduado em Governança de TI, trabalha há 20 anos no Tribunal de Contas da União. Trabalhou na implantação da pesquisa de clima do TCU, e diversos outros programas de RH. Apoiou o desenho e implantação de 2 versões do Portal TCU, trabalhando no desenho da área destinada ao público interno. Na comunicação foi responsável pela implantação das redes sociais no TCU, e pela coordenação de inúmeras campanhas de comunicação interna. Hoje, é diretor de arte junto ao Núcleo de Editoração e Criação da Secom/TCU. Também trabalha como palestrante e facilitador de treinamentos incluindo a oficina de comunicação interna pela We-gov. Casado com Elisa e pai do João, do Matheus e do Rafael que lhe ensinam todos os dias como a vida pode ser divertida.

Andréa
Mesquita

Jornalista e advogada, 46 anos, graduou-se em Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) em 1993, e em Direito pela UDF, em 1995. Cursou também as disciplinas do Doutorado em Direito Constitucional pela Universidad de Salamanca (Espanha), em 2005/2006.
Com mais de duas décadas de experiência profissional, exerceu cargos de direção em assessorias de imprensa e comunicação no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, no Supremo Tribunal Federal (STF), no Superior Tribunal de Justiça (STJ), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em 2016, foi conselheira do Conselho de Administração da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Em 2009, venceu o prêmio mundial do Unicef ICDB na categoria de programação de rádio para o público infanto-juvenil e melhor campanha publicitária da programação (http://www.unicef.org/videoaudio/video_51600.html), quando esteve à frente da Coordenadoria de Imprensa do STF.

Atualmente, é sócia da empresa Lide Comunicação a qual fundou em dezembro de 2010 com foco especial em relacionamento com a mídia, gerenciamento de imagem/crises, media training, assessoria de imprensa, mídias sociais e campanhas institucionais e promocionais. Também presta assessoria a órgãos internacionais junto a autoridades brasileiras em demandas específicas como assinaturas de convênios, parcerias e seminários, como realizado na recente visita de diretores do Centro de Estudios Jurídicos de las Americas (CEJA) - órgão da OEA com sede em Santiago, no Chile. Prestou consultoria de comunicação, com equipe própria, na Associação do Juízes Federais do Brasil (Ajufe), em 2011/2012. Atualmente presta consultoria de comunicação à Secretaria Executiva do Ministério da Educação para a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Atuou na advocacia por oito anos nas áreas Cível e Trabalhista, em escritório próprio (OAB N. 12.620) e foi jornalista do Correio Braziliense (1994). Em sua passagem pelo STF, lançou as páginas do STF no YouTube e Twitter – primeira Suprema Corte no mundo a integrar redes sociais. Foi responsável, ainda, pela criação, em 2008, das páginas de Internet e Intranet do STF e por seus conteúdos, que mantêm seu mesmo formato até hoje.

Escreve, lê e fala fluentemente espanhol, tem inglês intermediário e nível básico de francês. Detém experiência na gestão de grandes equipes e no atendimento especializado a autoridades ligadas aos Três Poderes, além de possuir ampla rede de relacionamento com jornalistas e veículos do setor.

Além disso, foi editora responsável da revista jurídica Fato Notório, tendo trabalhado, também, como: · Coordenadora de Imprensa das duas edições do Congresso Brasileiro das Carreiras Jurídicas de Estado, ambas realizadas em Brasília (2008 e 2010); · Jornalista da Assessoria de Imprensa do STF (ago/02 a set/03); · Jornalista-chefe da Revista Jurídica “Justilex” (jan/02 a mai/03); · Consultora legislativa da empresa “Fato Consultoria” (Pareceres sobre votações do Congresso Nacional nas Comissões de Educação e Previdência de ambas as Casas, e projetos de lei em tramitação) – 1995; ·Pesquisadora do Convênio Ministério da Educação e Cultura (MEC) e Universidade de Brasília (UnB) – Projeto Acorda Brasil – iniciativas educacionais.

Como publicações acadêmicas, tem o artigo intitulado O caso Saddam Hussein e a Convenção de Genebra, publicado no Boletim Jurídico – 216ª edição (2007), que também foi reproduzido nos sites jurídicos Conjur e Trinolex.com; e, em 2006, publicou o artigo Conflito de direitos. Liberdade de expressão e o respeito ao indivíduo, nas revistas eletrônicas Consultor Jurídico” (14/02/2006) e “Trinolex.com” (16/02/2006) – artigo referente às caricaturas de Maomé publicadas em um jornal dinamarquês.

Foi palestrante/mediadora do painel Direitos Fundamentais e Relações Privadas: Liberdades Colidentes, ao lado da juíza Maria Cláudia Cachapuz (TJRS), dentro do curso Poder Judiciário e a Mídia, que ocorreu na sede da Enfam - Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados, em Brasília (nov/2017). Foi painelista do 2º Seminário Atualidade e Futuro da Administração da Justiça: o que muda na gestão do Poder Judiciário?, promovido pela Escola da Magistratura do TRF da 4ª Região (nov/2014) e Ceducorp/JF4R, no Rio Grande do Sul. Também foi palestrante: do I Encontro Nacional dos Assessores de Comunicação do Poder Judiciário (fev/2013) quando falou das Redes Sociais no Poder Judiciário; do V Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação da Justiça (Conbrascom 2009); da 4ª Edição do CONIP Judiciário - Painel: O desafio da web 2.0 ‘Supremo no YouTube, em 2009; e do IV Conbrascom (2008), com o painel: As diretrizes da comunicação no Judiciário brasileiro.

Fez o curso online Social Media for Journalists da University of Texas (fev. e março/2014) e o curso Fábrica de Líderes, do Bacen/STJ (2015), com 16 horas-aula.

Claudia
Lemos

Atua em comunicação nas organizações desde 1991, como assessora, consultora, professora e pesquisadora. Entre outros trabalhos, atuou na implantação da TV Justiça, no Supremo Tribunal Federal (2001-2003); na Procuradoria-Geral da República foi assessora-chefe (2003-2005) e secretária de comunicação (2013-2014); e no Conselho Nacional do Ministério Público foi assessora-chefe de comunicação (2010-2013). Funcionária da Câmara dos Deputados, em Brasília, hoje atua na TV Câmara, como editora, e no Centro de Formação (Cefor), como professora e pesquisadora. É jornalista, mestre e doutora em Estudos Literários pela UFMG. Foi pesquisadora visitante na Northwestern University, nos Estados Unidos, como bolsista Fulbright, num projeto que comparou a comunicação da Justiça no Brasil e nos Estados Unidos (2004). É autora de capítulos de livros técnicos e de artigos publicados em periódicos especializados. Sócia fundadora do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça e da Associação Brasileira de Comunicação Pública (ABCPública).

Dado
Schneider

O Prof. Dr. Dado Schneider é um palestrante eclético e experiente. Pós-Graduado em Marketing pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Mestre e Doutor em Comunicação pela PUC/RS. Nos últimos 30 anos, foi professor da UFRGS, PUC/RS, ESPM, HSM EDUCAÇÃO e UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA (Porto, Portugal).
Ele trabalhou em grandes agências de publicidade (MPM, OGILVY, DM9, ESCALA, etc.) nos primeiros vinte anos de sua experiente carreira, iniciada em 1979. Nos 10 anos seguintes, foi executivo de marketing da CLARO e é o próprio criador desta marca. Além de Consultor de Comunicação para Vendas de grandes empresas nacionais e multinacionais.

Desde 2009, vem se consagrando como um dos mais requisitados palestrantes do Brasil, graças ao seu temperamento inovador: é o criador da Palestra Muda, onde utiliza uma linguagem revolucionária para atrair a atenção, além de ter dezenas de milhares de seguidores nas Redes Sociais. Ele também escreveu “O mundo mudou… Bem na minha vez!”, um livro com linguagem inovadora e atual, todo formado por posts e tweets. E foi considerado pelo site Buzzfeed.com como um dos “palestrantes imperdíveis” da última Campus Party Brasil 8, que ocorreu entre 03 e 08/02 de 2015.

Daniel
Nardin

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Pará (Ufpa) e mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade de Brasília (UnB), pela linha Teorias e Tecnologias da Comunicação. Em Belém, atuou no Portal ORM e foi repórter freelancer da revista Época, Portal Terra e dos especiais Veja Belém (2005-2008). Também integrou a equipe de comunicação da Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa). Entre 2008 e 2014 atuou em Brasília, onde desenvolvia atividades em conjunto com a assessoria de comunicação institucional e da diretoria de Relações Públicas do Senado Federal. É Secretário de Comunicação do Governo do Estado do Pará desde fevereiro de 2014. É membro da Associação Brasileira de Comunicação Pública e Coordenador do Fórum de Secretarias de Estado de comunicação da Amazônia Legal.

Daniela
Senador

Mestre em Ciências da Comunicação (ECA-USP), MBA Executivo em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios (FGV-SP) e graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo (ECA-USP). Empreendedora, consultora, professora e palestrante, especializada em novos negócios, marketing, comunicação e inovação. É sócia da consultoria e agência Soneto (www.sonetodigital.com.br), que hoje soma mais de 50 clientes atendidos, de diferentes portes e segmentos de mercado, para os quais foram realizados mais de 90 projetos, com ênfase em planejamento estratégico e marketing analytics. Entre os seus principais clientes, destacam-se ANBIMA, Dr. Consulta, Editora Edebê Brasil, Editora Unesp, Eurofarma, Livraria Martins Fontes Paulista, Natura, Sesc, SESI-SP e SENAI-SP Editoras, e World Animal Protection. Em 2017, lançou, no Campus São Paulo - A Google Space, a Soneto Empreenda (www.sonetoempreenda.com.br), que oferece soluções ágeis para o desenvolvimento de novos negócios. É professora de cursos livres (presenciais e à distância), e de disciplinas em pós-graduações e MBAs em instituições como FGV, Senac São Paulo, Aberje e Casa Educação, que tem parceria com a Harvard Business Review e a HSM Power of Knowledge. Realiza workshops in company e palestras, tendo sido convidada quatro anos seguidos para a Feira do Empreendedor do Sebrae-SP, além de estar presente em eventos como Social Media Week e Visão Empreendedora (PUC-SP).

Felipe
Bogéa

Sócio da f2f-digital, agência especializada em marketing digital. Atualmente, participa da definição da estratégia e execução do marketing digital de diversas empresas (ex: Braskem, Harley-Davidson, SulAmérica, Deloitte...). Ao longo da sua carreira, Bogéa atuou como consultor (Deloitte, McKinsey) e fundou duas agências de publicidade, posicionando grandes marcas no ambiente digital. No ambiente acadêmico, é Professor de pós-graduação da FGV. Doutor em Administração pela FGV e MBA pela Insead.

Patrícia
Resende

Patrícia Resende é jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB), tendo cursado algumas disciplinas de Comunicação Social na Universidade de Sevilha (Espanha). Especializou-se em Jornalismo e Saúde na Universidade de Coventry (Inglaterra), tendo redigido matérias para o jornal inglês The Daily Telegraph no período. Desde abril de 2017, é a secretária de Comunicação Social do Tribunal Superior do Trabalho. Atua no TST desde 2009, onde exerceu os cargos de Coordenadora de Rádio e TV e de assessora-chefe de Comunicação Social do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT). Antes de ingressar na Justiça Trabalhista, integrou a primeira equipe da rádio de notícias BandNews FM Brasília, da qual foi âncora e editora. Também já trabalhou no Correio Braziliense e no Jornal do Brasil. Em assessoria de imprensa, atuou em agência de marketing voltada para clientes na área de saúde.

Rodolfo
Araújo

Diretor de comunicação e conteúdo do movimento Todos Pela Educação. Autor do livro "E Se Colocar Pimenta?", que explora a história e estratégia da marca brasileira de varejo Chilli Beans, pela editora Campus/Elsevier. Mestre em Comunicação e jornalista, construiu carreira em consultorias de gestão e agências multinacionais. Professor em cursos de pós-graduação. Vencedor do Prêmio Editora Globo de Jornalismo 2011/2012 na categoria Educação e Cultura e tem trabalhos publicados como dramaturgo e escritor.

Soraia
Lima

Jornalista pela Cásper Líbero, tem mestrado pela ECA-USP e atualmente é doutoranda na mesma instituição. Possui mais de dez anos de experiência ministrando cursos de graduação e pós-graduação em instituições de Ensino Superior, como ESPM, Senac-SP, Estácio, IPOG e Anhembi Morumbi. Além da experiência acadêmica, ela já atuou como community manager do Scup, repórter e redatora na Editora Aranda e assessora de imprensa no SIEEESP. Atualmente, é coordenadora dos cursos de pós-graduação em Gestão da Comunicação Integrada e Planejamento Estratégico e Concepção de Branded Content.

Filie-se ao FNCJ

Para se filiar ao FNCJ, o profissional deve pagar uma anuidade de R$ 150,00, até 23/04/18 às 23h59, e enviar o comprovante para o e-mail conbrascom@gmail.com, com cópia para conbrascom2018@gmail.com, os dados bancários são:

Fórum Nacional de Comunicação e Justiça
Rua Zambeze, nº 629 - SALA 1
CEP 03.441-000 - VILA CARRAO - SAO PAULO - SP
CNPJ: 05.569.714/0001-39
Inscrição Estadual: Isento

Banco Cooperativo do Brasil AS
Banco: 756
Agência: 4041
Conta Corrente: 9459-5
CNPJ: 05.569.714/0001-39

Os associados ao FNCJ têm direito a uma série de vantagens:

  • Desconto na inscrição do Conbrascom
  • Isenção na taxa de inscrição de trabalhos no Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça. Profissionais não-filiados devem pagar taxa de R$ 200,00 por trabalho inscrito.
  • Acesso ao material dos palestrantes apresentado no Conbrascom 2018
  • Acesso à gravação na íntegra da palestra de abertura e da oficina do Conbrascom 2018
  • Acesso à pesquisa completa sobre as Assessorias de Comunicação do Sistema de Justiça

Sobre o FNCJ

O Fórum Nacional de Comunicação e Justiça reúne profissionais de comunicação de todos os ramos da Justiça – Tribunais, Ministérios Públicos, Defensorias, Conselhos e entidades representativas de magistrados, procuradores, servidores e da advocacia. Seu principal objetivo é ampliar o debate sobre a comunicação nesse segmento, a fim de aprimorar o relacionamento dos órgãos da Justiça com a sociedade. Anualmente, o FNCJ também promove o Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação da Justiça (Conbrascom).

Inscrição

Prêmio

Veja o Regulamento
FAQ


Carta Convite

Cuiabá, março de 2018.


Excelentíssimo(a) Senhor(a),
Digníssimo(a) Presidente do

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Rui Ramos Ribeiro, tem a honra de convidar Vossa Excelência para a abertura oficial do XIV Congresso Brasileiro de Assessores de Comunicação da Justiça (Conbrascom 2018), a realizar-se no dia 20 de junho, às 19h, no auditório do Fórum Desembargador José Vidal, da Comarca de Cuiabá, localizado na Av. Desembargador Milton F. Ferreira Mendes - Centro Político Administrativo.

O evento será promovido entre os dias 20 e 22 de junho de 2018, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso, na cidade de Cuiabá — MT e será realizado em parceria com o Fórum Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ), entidade não-governamental, fundada em 1999, que congrega assessores das mais variadas instituições ligadas à Justiça estadual e Federal.

Neste ano, o tema trabalhado será "Como emplacar resultados em comunicação" buscando, assim, melhorar a entrega dos trabalhos realizados pelos setores responsáveis por buscar melhorar a visão que o cidadão tem do Judiciário — a imprensa institucional. A programação será encerrada com a realização do XVI Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, escolhendo e elegendo os melhores trabalhos institucionais de 2017, ligados à prestação jurisdicional.

Vários dos principais nomes da Justiça e da comunicação do país estarão presentes neste congresso, fazendo de Cuiabá, nesses dois dias, a Capital nacional da comunicação pública. O evento terá como participantes assessores e profissionais de comunicação do


Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil, Tribunais de Contas, entidades representativas da magistratura, jornalistas e universitários de comunicação social.

Por conta disso, solicito ainda autorização de Vossa Excelência para participação de integrantes da Assessoria de Comunicação dessa Instituição, contribuindo, assim, para as discussões que traçam os rumos da comunicação pública no âmbito do Sistema de Justiça que, há anos, têm sido o grande referencial de qualificação profissional dos que atuam nessa área.

Os contatos sobre o XIV Conbrascom podem ser realizados na Coordenadoria de Comunicação Social do TJMT, pelo telefone (65) 3617-3393/3394 ou 3409, ou ainda pelo e-mail imprensa@tjmt.jus.br.

Certo de que este evento será marcante e de ampla repercussão,

Expresso meu especial agradecimento pela deferência para com este pedido.

Atenciosamente,



Faça o download da carta convite em formato PDF

Baixar carta convite em formato *.DOC




O Estado



Com quase trezentos anos e perto de 600 mil habitantes, a capital mato-grossense pode ser definida de muitas maneiras: “Cidade Verde”, por causa dos quintais de suas casas, povoados de frondosas mangueiras; “Capital do Pantanal”, por situar-se a menos de 100 km da maior planície inundável da Terra; ou ainda, “Coração da América do Sul”, porque abriga o Centro Geodésico do continente.


Seja qual for a forma escolhida para denominá-la, o visitante encontrará em Cuiabá uma cidade multicultural, hospitaleira, de clima tropical com temperaturas acima dos 30° C. Vale dizer que a capital de Mato Grosso é uma cidade quente no clima e na maneira de receber as pessoas, mesclando tradição e modernidade, concreto e natureza, história e ambiente.


Seu passado histórico, marcado pela corrida dos bandeirantes em busca do ouro, pode ser revisitado com um passeio pelo centro histórico, cujas ruas e casarios remetem aos primeiros anos da cidade no século 18. Ao lado disso, a Cuiabá de agora, já verticalizada, apresenta uma paisagem com traços culturais diversos, construída pelo processo migratório que a cidade sentiu mais fortemente após a divisão do Estado, em 1977.


Cercada pelas cachoeiras da Chapada dos Guimarães (67 km ao norte) e banhada pelo piscoso rio Cuiabá, a cidade propicia ainda uma culinária marcante. Os peixes compõem a base de pratos simples e saborosos, como a mojica de pintado e a ventrecha de pacu. Mas não se pode deixar de provar a famosa maria-isabel (arroz com carne-seca), acompanhada de uma típica farofa de banana. É por isso que por aqui os turistas são alertados: quem vem a Cuiabá e come cabeça de pacu jamais vai embora e, se for, sentirá tanta saudade que acabará voltando... É a misteriosa lenda da cabeça de pacu. Será verdade?

Experimente!



DICAS AO VISITANTE!


- Cuiabá registra uma hora a menos em relação a Brasília-DF (fuso horário GMT-3).

- A temperatura da cidade situa-se dentre as mais altas do país.

- Recomenda-se o uso de roupas claras e leves, além de protetor solar.



Poucos lugares no planeta possuem tamanha riqueza natural como Mato Grosso. É um dos poucos territórios no mundo a abrigar três biomas: Amazônia, Pantanal e Cerrado. Esses biomas, associados com as belezas do Araguaia, atraem milhares de pessoas de todos os cantos do planeta que buscam viver intensas emoções e novas experiências em nossa terra, seja por turismo visitando nossos rios, cachoeiras, sítios arqueológicos, praias e chapadões, seja a negócio, em virtude da economia em constante crescimento.





O Estado é conhecido como o celeiro do país, campeão na produção de soja, milho, algodão e rebanho bovino. Além de grãos, o Estado é o maior produtor de pescado de água doce do país, responsável por 20% da produção do Brasil, com 75,6 mil toneladas (IBGE 2013)

Mato Grosso está dividido em 141 municípios habitados por 3,3 milhões de pessoas, que compõem a população mato-grossense como um povo diverso, receptivo, acolhedor e cheio de alegria em receber visitantes. Hoje, 41% dos moradores do Estado nasceram em outras partes do país ou no exterior.

Nossa história começou com uma mistura de índios, negros, espanhóis e portugueses que se miscigenaram nos primeiros anos do período colonial. A cultura mato-grossense se formou com base nessas influências diversas, constituindo um conjunto muito rico de combinações.





As danças típicas são o rasqueado, o siriri e o cururu, embalados pela música regional ao som da viola de cocho, ganzá e mocho. Quem conhece Mato Grosso, satisfaz o paladar. A gastronomia é muito diversa e marcante: farofa de banana, maria-isabel (carne-seca com arroz), pacu assado, furrundu (doce de mamão e rapadura de cana), doce de caju em calda e muito mais. Tudo isso você encontra à farta em Mato Grosso.

Dizem que quem come cabeça de pacu não vai mais embora. Visite Mato Grosso e descubra os encantos dessa terra linda por natureza.

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO BOM DESPACHO

A Igreja de Nossa Senhora do Bom Despacho foi construída com inspiração na Catedral de Notre Dame de Lourdes, na França. O edifício está localizado no alto do Morro do Seminário, no coração do centro de Cuiabá, e é um dos mais bonitos cartões postais da capital de Mato Grosso.

Praça do Seminário, s/nº - bairro Dom Aquino.


ARENA PANTANAL

Construído para sediar jogos da Copa do Mundo Fifa 2014, o estádio foi adaptado ao clima local, com conceito sustentável e flexível para multiuso. A Arena abriga 42.968 pessoas.

Av. Agrícola Paes de Barros, s/nº. Bairro Verdão.


SÃO GONÇALO BEIRA RIO

Comunidade ribeirinha tradicional da cidade, reconhecida pelo seu artesanato feito em cerâmica e pelas peixarias simples situadas às margens do rio Cuiabá, no bairro de São Gonçalo.

Margens do rio Cuiabá - Bairro Coxipó da Ponte.


PONTE SÉRGIO MOTTA

Construída sobre o rio Cuiabá, liga a capital ao município vizinho, Várzea Grande. Com 327 metros de extensão e 52 metros de altura, a ponte foi a terceira do modelo estaiada (sustentada por cabos a ser construída no Brasil.

Av. Sebastião de Oliveira, s/nº.


PALÁCIO DA INSTRUÇÃO

Projetado em estilo neoclássico, o Palácio foi inaugurado em 1914. Hoje, após ser reinaugurado em 2004, o prédio abriga o Museu de História Natural e Antropologia e a Biblioteca Pública

Praça da República, s/n° - Centro.


SESC ARSENAL

O antigo Arsenal de Guerra foi adquirido pelo Sesc e abriu suas portas ao público em 2001. Hoje é um dos principais espaços destinados à cultura mato-grossense.

Rua Treze de Junho, s/nº - Porto


MUSEU DO MORRO DA CAIXA D’ÁGUA VELHA

Antigo reservatório de água que abastecia Cuiabá, o espaço foi reformado para expor acervo e mostras. Abre diariamente das 9h às 17h, inclusive sábados, domingos e feriados.

Rua Comandante Costa, s/nº


ZOOLÓGICO DA UFMT

Cerca de 500 animais estão abrigados no zoológico da Universidade. Lá, o visitante pode admirar aves, mamíferos e répteis de 800 espécies diferentes que habitam os três biomas do Estado: Amazônia, Cerrado e Pantanal.

Av. Fernando Correia da Costa, s/nº - Coxipó da Ponte.


PRAÇA DAS BANDEIRAS

Com 14.700 m², a praça abriga os pavilhões do Brasil, de Mato Grosso, de Cuiabá e dos outros 140 municípios do Estado, que são hasteados alternadamente. Além disso, exibe uma galeria com quadros de ex-governadores desde a Proclamação da República, tornando-se importante referência cívica.

Av. Historiador Rubens de Mendonça, 4115. Centro Político Administrativo.


CATEDRAL BOM JESUS DE CUIABÁ

Sede da arquidiocese de Cuiabá, a igreja matriz foi construída em 1722 e totalmente demolida em 1968, fato ainda lamentado até hoje. A atual edificação foi inaugurada em 1973.

Praça da República, s/nº - Centro.


IGREJA DO ROSÁRIO E SÃO BENEDITO

Tombada como patrimônio histórico e artístico do Brasil, o local é um dos principais atrativos de Cuiabá. Erguida por escravos no século 18, a igreja reflete o período colonial e o interior preserva a decoração barroco-rococó nos altares.

Praça do Rosário, s/nº - Centro.


MESQUITA DE CUIABÁ

Situada no Morro da Luz, a Mesquita de Cuiabá é a única do Estado e possui um minarete construído na Arábia Saudita. Foi inaugurada em 1978 e está aberta para orações às sextas-feiras, das 11h às 14h.

Rua Baltazar Navarro, 9 - Bairro Bandeirantes


PALÁCIO PAIAGUÁS

O Palácio é a sede do governo de Mato Grosso e abriga um amplo acervo histórico e artístico aberto à visitação pública. Nas paredes exteriores do edifício, pode-se apreciar pinturas do artista plástico Humberto Espíndola, que destacou a bovinocultura por ser uma das principais atividades econômicas do Estado.

Rua C, s/nº - Centro Político Administrativo.


CENTROS COMERCIAIS

Na região metropolitana de Cuiabá existem quatro shoppings que podem ser visitados de segunda a domingo, das 10h às 22h. São eles:


Pantanal Shopping

Av. Historiador Rubens de Mendonça, 3.300 - Jardim Aclimação - Cuiabá


Shopping Goiabeiras

Rua Desembargador José Barros do Valê,500 - Duque de Caxias - Cuiabá


Shopping Três Américas

Av. Brasília, 146 - Jardim das Américas - Cuiabá


Várzea Grande Shopping

Rua Presidente Prudente de Moraes, s/nº - Jardim Aeroporto - Várzea Grand

Hospedagem

Em breve, aguarde!

Agências Turísticas

Em breve, aguarde!

Contato

Informações sobre o evento
Telefone(s): (51) 4141-8082
Realização:
Apoio Institucional: